COMO PREVENÇÃO, MUNICÍPIOS DE RONDÔNIA ESTÃO SENDO CAPACITADOS NO COMBATE AOS ACIDENTES DE TRABALHO

43 views

Cuidar da saúde dos trabalhadores de Rondônia está entre as prioridades do governo Marcos Rocha. E para garantir este e outros direitos dos trabalhadores, todos os anos a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), em parceria com a Gerência Técnica de Vigilância em Saúde do Trabalhador (Gtvisat) e as demais vigilâncias e órgãos, realiza ações educativas que beneficiam os trabalhadores rondonienses do setor público, privado, autônomos, aposentados, entre outros.

Segundo Elisane Melo, gerente técnica de Vigilância em Saúde do Trabalhador (Gtvisat/ Agevisa), a maior parte dos acidentes acontece com jovens do sexo masculino, da faixa etária entre 20 e 29 anos de idade. E para prevenir o trabalhador, o governo de Rondônia tem buscado cumprir com os parâmetros estabelecidos na Portaria do Ministério da Saúde nº 3.120 de julho de 1998, que trata dos princípios e objetivos da Vigilância em Saúde do Trabalhador.

“Nós atuamos em todas as áreas, analisando e detectando os fatores e agravantes relacionados ao trabalhador. É com base nos dados colhidos, que são traçados planos e ações que visam a melhoria ou a cura do trabalhador” destacou a gerente da Vigilância em Saúde do Trabalhador .

Ainda de acordo com a gerente, em Rondônia, as áreas com maiores riscos e casos de acidentes estão na construção civil, áreas da saúde, postos de combustíveis e agricultura. No caso da agricultura tem-se observado um elevado índice de câncer, resultante da contaminação pelo uso de agrotóxicos. Por outro lado, os distúrbios mentais desenvolvidos pelo excesso de trabalho, preocupam, pois atuam de forma silenciosa, desenvolvendo problemas como depressão, transtornos de ansiedade, estresse, bipolaridade entre outros sintomas.

As ações educativas são voltadas ao físico e a mente, estimulando o trabalhador a cuidar da saúde. Izadora Andrade é servidora pública estadual e já participou de várias campanhas realizadas dentro e fora do ambiente de trabalho. “Eu pude participar de várias ações como a campanha de orientação aos trabalhadores caminhoneiros, a campanha de vacinação contra a gripe, entre outras campanhas, como a de conscientização no carnaval. Essas campanhas nos ajudam em vários aspectos, entre eles a prevenção”, ressaltou a servidora.

 

Fonte: Anayr Celina /Secom

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA