ALVORADA Do Oeste Homem deixa caminhão estacionado na BR-429 e é econtrado morto na Linha Zero

325 views

Um homem por nome de  Ivan Cesar dos Santos (56), foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (25), numa propriedade na Linha Zero, próximo do Distrtio de Terra Boa, município de Alvorada do Oeste (RO).

Segundo informações de testemunhas, ele estava conduzindo um caminhão Mercedes Bens com uma carga de canos para irrigação, onde entregaria em uma propriedade, onde o mesmo foi encontrado caido e já sem vida.

Ainda de acordo com as informações, Ivan Cesar dos Santos, deve ter descido do veículo para encontrar uma melhor forma de entrar com o caminhão na propriedade, pois a mesma é bastante acentuada, e provalvemente ao andar aproximadamente 200 metros, sofreu um mal súbito, vindo cair ao lado de um carreador da propriedade, que posteriormente, foi encontrado pelo proprietário do sítio, que de imediato informou aos policiais, que havia saido de casa para ir no vizinho de sitio e acabou encontrando o homem caido, já sem vida.

Uma guarnição da Polícia Militar de Alvorada do Oeste, se deslocou até o local, constando o fato.

Foi descartado a possibilidade de homicídio, pois a vítima não apresentava lesões, e não havia antecedentes criminais. Um parente informou que Ivan tinha problemas de hipertensão (pressão alta), e sofria de diabetes, o que pode ter levado a sofrer um infarto fulminante ao subir o terreno montahoso.

O corpo foi liberado para a funerária Pax Nacional, que ficou a cargo de realizar o translado do corpo e exames periciais na cidade de São Miguel do Guaporé.

A falta de médicos legistas no município de Alvorada do Oeste, causa  revolta por parte de famílias, que têm chorado ao ver um ente querido por várias horas no chão a espera dos procedimentos técnicos dos agentes da perícia científica.

No caso da morte de Ivan Cesar dos Santos, populares informaram que o corpo foi liberado sem a autópsia, porque ao ser comunicado sobre a morte do homem, os peritos da cidade de São do Miguel Guaporé não puderam comparecer.

Fonte:Jornal Correio do Vale

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA