Projeto ‘Operação Sorriso’ fará 55 cirurgias em pacientes com fissuras labiopalatinas em RO

16 views

Cinquenta e cinco cirurgias de fissura labiopalatina (também conhecida como lábio leporino) e fenda palatina serão realizadas gratuitamente durante a “Operação Sorriso”, que acontecerá entre os dias 4 e 7 de dezembro em Rondônia. O projeto é da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) junto ao Hospital Santa Marcelina, na capital Porto Velho.

Conforme a Sesau, os interessados em participar da triagem deverão comparecer à seleção no dia 2 de dezembro, no Hospital Santa Marcelina, portando os documentos do paciente e responsável em mãos. Não é necessário agendamento prévio. Quem foi operado em 2018 também precisa ir à unidade hospitalar para consulta pós-operatória.

Depois da triagem, os pacientes selecionados passarão por nova avaliação com os profissionais voluntários da ação a partir do dia 4 de dezembro. No total, são 60 especialistas do Brasil e de outros países.

De acordo com Maria José Micheletti, enfermeira e coordenadora local da ação, os candidatos não aprovados poderão passar pela operação no Hospital de Base Dr Ary Pinheiro da capital com o médico Alexei Andrade. “Desde o início do ano que estamos realizando essas cirurgias no HB. Então quem não conseguir nessa ação, não irá precisar esperar até dezembro de 2020 para fazer a cirurgia”, explicou.

Segundo o diretor executivo da ação, Charles Rosenburst, o Núcleo de Fissurados de Rondônia (Nufis), que funciona durante a semana no Hospital de Base, atende ao longo do ano os pacientes com fissura labiopalatina, realizando avaliações pré-operatórias e também operações mais simples, como as de lábio.

“Graças ao trabalho do Nufis, em Porto Velho, estamos em um estágio diferente em relação às demais cidades onde realizamos missão. Em dezembro, esperamos encontrar uma demanda maior por cirurgias complexas de palato e outros reparos que demandam equipes mais especializadas”, ressaltou.

Para obter mais informações sobre o projeto, pode entrar em contato pelo telefone: (69) 9 8112-7846.

Fonte G1

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA