Com medo do crescimento do candidato, adversários espalham panfletos odiosos contra Vinícius Miguel

19 views

Apesar de todos os candidatos assinarem, na Ordem dos Advogados do Brasil, um termo de compromisso para manter a campanha política em alto nível, sem ataques pessoais e ofensas à honra dos adversários, o jogo sujo na campanha municipal deste ano em Porto Velho vem prevalecendo. Pelos menos dois candidatos, com potencial para rivalizar com o atual prefeito e aptos a alçarem ao segundo turno, vem sofrendo ataques sistemáticos.

A vítima do ódio nesta quarta-feira foi o jovem candidato Vinícius Miguel, do Cidadania. Aliás, esse não é o primeiro ataque. Nas redes sociais, há dias que vem tentando desconstruir a imagem do candidato.

E aí OAB, vai tomar alguma atitude contra quem assina, mas não cumpre o termo de compromisso?

Enfrentando a situação com grandeza de caráter e sema perder a razão, o candidato do Cidadania formalizará denúncia na Polícia Federal (PF) Porto Velho.

Um morador de rua alega ter recebido R$ 20 de uma “mulher loira numa camionete” para espalhar os panfletos

Assim, fica apenas na formalidade o termo que todos os candidatos à Prefeitura de Porto Velho subscreveram durante encontro na Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Rondônia (OAB/RO), garantindo participar do pleito de maneira “limpa”, combatendo, inclusive, a proliferação das denominadas fake news [notícias falsas].

Nesta quarta-feira, 11, as ruas da Capital amanheceram cobertas com panfletos difamatórios contra o postulante Vinícius Miguel, do Cidadania.

Miguel reuniu parte de sua equipe a fim de recolher o lixo espalhado pela cidade, e, ainda, aproveitar imagens registradas em câmeras de vigilância no entorno dos locais onde a campanha difamatória circulou.

Neste momento, ele, junto com advogados da campanha, está na Polícia Federal (PF) para pedir investigação com base nas provas recolhidas.

“Eu afirmo claramente que essa campanha de ódio, essa campanha de destruição de reputações, essa campanha de depredação de pessoas de bem, não vai vencer”, destacou em trecho de vídeo gravado acerca da situação.

Usuário do Instagram flagrou morador de rua distribuindo os panfletos difamatórios; ele alegou ter recebido R$ 20,00 / Reprodução

Moradores de rua

Um usuário do Instagram gravou vídeo mostrando moradores de rua portando os panfletos espalhados na cidade.

Um deles alega ter recebido R$ 20 de uma “mulher loira numa camionete”.

Fonte: www.rondoniadinamica.com

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA