Dentistas do SUS que batiam ponto e iam embora são presos

300 views

A Polícia Judiciária Civil (PJC) prendeu nesta terça-feira (4), três dentistas acusados de não cumprirem a carga horária de trabalho na unidade de saúde do município. Os envolvidos foram autuados em flagrante pelo crime de falsidade ideológica.

As investigações iniciaram após denúncias sobre profissionais que deveriam prestar atendimentos no Posto de Saúde da Família (PSF) do município em determinados horários. No entanto, depois de registrar o ponto de entrada, se ausentavam do local para atender pacientes em consultórios particulares, retornando ao PSF para registrar o ponto de saída.

Dos três profissionais, dois são homens e uma é mulher. Alguns eram contratados para cumprir 40 horas semanais e outros, 20 horas, conforme concurso ou contrato com a rede municipal ou estadual de saúde.

Um inquérito civil por improbidade administrativa deve ser instaurado pelo Ministério Público Estadual (MPE), bem como procedimento disciplinar por parte da Prefeitura e do Estado.

Conforme o delegado de Juara, Carlos Henrique Engelmann, com base nas informações os policiais civis passaram a monitorar os suspeitos, sendo possível colher provas e indícios dos fatos praticados. Os profissionais faziam o registro do ponto, porém, não cumpriam o horário estabelecido.

“Após a detenção em flagrante dos dentistas, foi percebido que todos os funcionários das unidades de saúde, vinculados tanto da Prefeitura quanto do Estado, passaram a cumprir criteriosamente os horários laborais exigidos nos contratos”, destacou o delegado.

(Com assessoria)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA