Noite sangrenta em Colniza deixa mortos e feridos em chacina

89 views

O ano novo mal começou e logo na primeira semana de 2020, a polícia voltou a registrar mais uma chacina no município de Colniza localizada a 1065Km da capital Cuiabá, desta vez as mortes aconteceram no perímetro urbano da cidade.
E de acordo com informações repassadas a nossa equipe uma pessoa foi morta na tarde desta sexta-feira 03 de janeiro, e outras quatro foram alvejada durante a noite, sendo que uma morreu na rua das Bromélias e outras duas na rua das Mangueiras, uma foi encaminhada para atendimento médico no hospital André Maggi do município, e uma outra vítima foi baleada e conseguiu fugir pelos fundos da casa, mas ela ainda não foi localizada.
A suspeita é que o confronto ocorreu por uma suposta disputa de território para o comércio de drogas.
Segundo uma testemunha, os criminosos foragiram do local atirando para alto. Os policiais militares realizam buscas na região, mas até a publicação desta reportagem ninguém havia sido preso.
Ao chegar na residência onde teria ocorrido as execuções os policiais encontraram dois rapazes mortos, um deles de pronome Mateus, de 23 anos, estava na sala sentado no sofá degolado e com várias perfurações provocadas por arma de fogo.
O outro rapaz foi encontrado pelos policiais na cozinha caído assassinado com diversos disparos de arma de fogo, com golpes de faca e estava com a lâmina de uma faca sem cabo cravada nas costas, ele foi identificado como Ronei Vitorino da Silva, 25.
Ainda na residência, a polícia encontrou a terceira vítima, Adenilson Figueiredo Magalhães, de 23 anos, que estava no banheiro trancado com um corte no pescoço perdendo muito sangue e em estado de choque. Ele foi socorrido pelo Samu e levado para o hospital do município.
A polícia judiciária civil apreendeu na casa uma pistola calibre 9mm que estava na cintura de Mateus que estava morto no sofá, um revólver calibre 38 com cinco munições intactas e uma deflagrada, uma espingarda tipo garrucha de calibre não identificado e munições de calibre de 9mm, cartuchos de calibre 12 deflagrados e intactos, cartuchos de calibre 38 deflagrados e intactos espalhados pela residência e uma porção análoga a pasta base de cocaína.
Pouco antes das execuções na rua das Mangueiras, a polícia militar havia registrado um homicídio que aconteceu na rua das Bromélias também na região central de Colniza, a vítima foi Julio Amorim dos Santos, 23, que foi morta a tiros.
A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada para analisar o local do crime. Um laudo deve ficar pronto nos próximos dias com detalhes do triplo homicídio. Os corpos serão encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia.
A Polícia Civil segue nas investigações.
Fonte: Colniza MT Notícias

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA