Projeto Natal Luz da ACIA completa 10 anos

64 views

Com 54 metros de altura, as luzes da maior árvore de natal da região Norte foram inauguradas na noite de terça-feira (01), completando uma década do projeto Natal Luz da Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (ACIA).

Por causa da pandemia, a solenidade de inauguração seguiu os protocolos de distanciamento social para prevenção da covid-19. Os organizadores reiteraram a necessidade de uso de máscara e do álcool em gel.

Neste ano, o evento foi novamente organizado pela ACIA e contou com o apoio da Prefeitura de Ariquemes, através de Termo de Fomento devidamente aprovado pela Câmara de Vereadores, além da tradicional parceria da cooperativa de crédito CrediSIS CrediAri, instituição que colaborou para a construção da torre metálica que sustenta a estrutura.

Representando a ACIA, o diretor da associação Adeir Candido ressaltou que o município não poderia ficar sem o seu cartão postal. “A nossa árvore de natal é um símbolo de orgulho para o morador de Ariquemes. Mais uma vez estamos contribuindo para que a mensagem de paz, união e alegria se espalhe entre as famílias da nossa cidade”, destaca.

O prefeito de Ariquemes Thiago Flores e a presidente da Câmara de Vereadores e prefeita eleita Carla Redano também prestigiaram a solenidade. “Estamos encerrando o meu mandato sem nenhum escândalo. Estamos proporcionando esse momento para a nossa população, para que todos possam ter um alento nesse mês de dezembro, para um ano que foi tão difícil para muitas famílias”, assevera o prefeito. “Essa praça iluminada se transforma em um espaço de lazer e entretenimento para as famílias, queremos que todos aproveitem da melhor forma possível”, acrescenta a vereadora Carla Redano.

ESTRUTURA

Além da árvore de natal de 54 metros, iluminada por 150 mil lâmpadas de LED, dentro de 5 km de mangueiras, a Praça da Vitória conta com parque de diversão, barracas de artesanato, lanchonetes e a participação de trabalhadores autônomos, viabilizando o fomento a economia de Ariquemes, neste fim de ano.

 

 

 

Fonte: Luiz Martins

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA